Nossa Política Editorial

O Canal Ciência, lançado em 2002, foi um dos portais pioneiros na internet nacional em fazer a ponte entre ciência, tecnologia e a sociedade brasileira. 

Desde sua criação, o Canal Ciência tem como principais objetivos: (i) familiarizar o público usuário com o método e o pensamento científicos; (ii) despertar o interesse de jovens por assuntos e carreiras científicos; (iii) orientar o uso ético, crítico e reflexivo de tecnologias digitais de comunicação para disseminar informações, produzir conhecimentos e subsidiar a resolução de problemas. Dessa forma, o Canal Ciência espera contribuir ativamente para a formação de cidadãos que sejam protagonistas em suas vidas pessoais e coletivas, empoderados, conscientes de seu entorno e aptos a participar da tomada de decisões que afetem suas vidas, sempre baseados na sólida premissa de que a ciência está em tudo.

Considerando a missão institucional do Canal Ciência, esta Política Editorial assume como compromisso a popularização da ciência por meio de artigos, textos e conteúdos que apresentem pesquisas, projetos, teses e dissertações, produtos e serviços científicos e tecnológicos de origem nacional, assim como textos livres de divulgação científica, em linguagens simples, diretas e não especializadas, formatos e meios que permitam atrair e cativar o público alvo: estudantes de todos os níveis e idades, professores e a população de maneira geral.  

Buscando diversificar os conteúdos de forma ampla e equilibrada, trabalha-se com as Áreas do Conhecimento oficialmente adotadas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a saber:

  • CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA: Matemática; Probabilidade e Estatística; Ciência da Computação; Astronomia; Física; Química; Geociências; Oceanografia.
  • CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: Biologia Geral; Genética; Botânica; Zoologia; Morfologia; Fisiologia; Bioquímica; Biofísica; Farmacologia; Imunologia; Microbiologia; Parasitologia; Ecologia.
  • ENGENHARIAS: Engenharia Civil; Engenharia Sanitária; Engenharia de Transportes; Engenharia de Minas; Engenharia de Materiais e Metalúrgica; Engenharia Química; Engenharia Nuclear; Engenharia Mecânica; Engenharia de Produção; Engenharia Naval e Oceânica; Engenharia Aeroespacial; Engenharia Elétrica; Engenharia Biomédica.
  • CIÊNCIAS DA SAÚDE: Medicina; Nutrição; Odontologia; Farmácia; Enfermagem; Saúde Coletiva; Educação Física; Fonoaudiologia; Fisioterapia e Terapia Ocupacional.
  • CIÊNCIAS AGRÁRIAS: Agronomia; Recursos Florestais e Engenharia Florestal; Engenharia Agrícola; Zootecnia; Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca; Medicina Veterinária; Ciência e Tecnologia de Alimentos.
  • CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS: Direito; Administração; Turismo; Economia; Arquitetura e Urbanismo; Desenho Industrial; Planejamento Urbano e Regional; Demografia; Ciência da Informação; Museologia; Comunicação; Serviço Social; Economia Doméstica.
  • CIÊNCIAS HUMANAS: Filosofia; Teologia; Sociologia; Antropologia, Arqueologia, História; Geografia, Psicologia; Educação; Ciência Política. 
  • LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES: Letras; Linguística; Artes.
  • MULTIDISCIPLINAR: Ciências interdisciplinares; Meio Ambiente e Agrárias; Sociais e Humanidades; Engenharia, Tecnologia e Gestão; Saúde e Biológicas; Ensino; Ensino de Ciências e Matemática; Materiais; Biotecnologia; Ciências Ambientais.

Esta Política parte da premissa de que o método científico é o caminho mais adequado para se levantar e testar hipóteses, provocar e aguçar curiosidades, solucionar problemas, esclarecer  dúvidas, responder perguntas e produzir novas questões, confrontar ideias e teorias, desenvolver o raciocínio crítico e lógico, estabelecer debates saudáveis e construtivos, gerar bons aprendizados, formar profissionais capacitados a desenvolver bons produtos, aprimorar boas práticas, inovar, facilitar e assegurar qualidade de vida em todos os sentidos.

 

 Equipe do Canal Ciência 

14/12/2021

Última modificação em Terça, 14 Dezembro 2021 14:18

Redes Sociais

CBPF - Centro Brasileiro de Pesquisa Científica
Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá
Instituto Nacional do Semiárido (Insa)
Museu de Astronomia e Ciências Afins
CETEM - Centro de Tecnologia Mineral
IMPA - Instituto de Matemática Pura e Aplicada
 Instituto Nacional de Tecnologia (INT)
Museu Paraense Emílio Goeldi
Cetene - Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste
INPA - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Laboratório Nacional de Astrofísica - LNA
Observatório Nacional
CTI - Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer
INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
Laboratório Nacional de Computação Científica
Agencia Espacial Brasileira
Ouvidoria
Ouvidoria
Acesso a informação
Image

Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 5, Lote 6, Bloco H CEP: 70070-912 - Brasília, DF

Busca